April 25, 2024
Manaus

Protestos de agricultores ganham força em diversos países europeus

Protestos de agricultores ganham força em diversos países europeus Foto: divulgação

Em uma manifestação de protesto hoje (1°) em Bruxelas, agricultores partiram para a ofensiva contra o Parlamento Europeu, lançando ovos e pedras, ateando fogo nas proximidades e disparando fogos de artifício. As principais reivindicações eram uma maior intervenção dos líderes da União Europeia para lidar com taxas e custos crescentes.

Com tensões crescentes contra normas ambientais e importações de baixo custo, agricultores provenientes de vários países da Europa, incluindo Espanha e Itália, marcaram presença na manifestação. O protesto coincidiu com uma cúpula da União Europeia que ocorria próxima ao local do protesto. A manifestação também foi uma extensão de outras revoltas que ocorrem em diferentes países europeus.

José Maria Castilla, um representante do sindicato de agricultores da Espanha Asaja, expressou o sentimento de muitos presentes: “Queremos dar um basta nessas leis absurdas que são constantemente emitidas pela Comissão Europeia”.

As demonstrações têm acontecido num momento em que se observa um crescente apoio dos agricultores à extrema-direita, que tem prospecto de ganhar terreno nas eleições parlamentares europeias de junho. Nesse cenário, os líderes estão buscando maneiras de acalmar a situação.

O primeiro-ministro francês, Gabriel Attal, ao oferecer soluções em Paris, questionou: “Em toda a Europa, surgem as mesmas questões: como podemos continuar a produzir cada vez mais e melhor? Como podemos continuar a enfrentar as mudanças climáticas? Como podemos evitar a concorrência desleal de países estrangeiros?”

Attal prometeu reduzir a burocracia para os agricultores e garantir sua proteção tanto a nível nacional quanto dentro da UE. Ele mencionou esforços para proibir importações baratas de produtos que empregam pesticidas proibidos na Europa e garantir que os rótulos dos alimentos mostrem claramente a origem dos produtos. Além disso, ele indicou que mais auxílio está a caminho para os agricultores.

A Comissão Executiva da União Europeia propôs algumas medidas para aliviar a situação, tais como limitar as importações de produtos agrícolas da Ucrânia e flexibilizar algumas normas ambientais. No entanto, os agricultores afirmam que isso não é o suficiente.

“Prestes às eleições europeias, os políticos e a Comissão Europeia estão ficando nervosos. Creio que este é o momento perfeito para todos os agricultores europeus se unirem e se manifestarem”, disse o agricultor espanhol Castilla.

Pequenos grupos de manifestantes tentaram derrubar as barricadas diante do Parlamento Europeu, palco da cúpula da UE, mas foram dispersados pela polícia com gás lacrimogêneo e jatos de água.

O primeiro-ministro irlandês, Leo Varadkar, apoiou a oposição do presidente francês, Emmanuel Macron, em relação à assinatura de um acordo comercial com o Mercosul sem alterações – outra reivindicação chave dos agricultores.

*Com informações da CNN Brasil

Mais Leituras:

BMW R 1300 GS será produzida em Manaus a partir de fevereiro

Deputado enfatiza a união entre as esferas do poder com o objetivo de beneficiar os cidadãos do Amazonas na abertura dos trabalhos da Assembleia Legislativa do Amazonas.

Empresas de construção fornecem novas opções a clientes que participam do programa ‘Amazonas Meu Lar’

Fonte: https://emtempo.com.br/220413/mundo/protestos-de-agricultores-se-espalham-pela-europa/

About Author

redacao