May 18, 2024
Manaus

Prefeitura de Manaus promove encontro para discutir Política Nacional da Cultura Viva

Prefeitura de Manaus promove encontro para discutir Política Nacional da Cultura Viva Foto: divulgação

Em um encontro marcante realizada pelo Conselho Municipal de Cultura (Concultura) da Prefeitura de Manaus, no majestoso Palácio Rio Branco, coração do Centro Histórico da cidade, na Avenida Sete de Setembro, nesta segunda-feira, 15 de abril, reuniu-se um grupo representativo de 21 líderes, articuladores e profissionais da esfera cultural. Este evento foi marcado como o pontapé inicial de uma série de encontros com o propósito de dissipar quaisquer dúvidas e fornecer informações acerca da Política Nacional de Cultura Viva (PNCV), conforme estabelecido pela Lei Aldir Blanc 2 (PNAB2).

Durante este encontro, Neilo Batista, o presidente do Concultura, tomou a frente para elucidar os detalhes da PNCV, instituída pela Lei no 13.018/14. Neilo elucidou que, sob a égide da PNAB2, foi destinada a quantia significativa de R$ 3.466.795,61, voltada especialmente para o suporte dos pontos e pontões de Cultura. “Para Manaus, esses recursos serão alocados de acordo com as necessidades específicas das comunidades e seus grupos culturais, tão enraizados nas áreas urbanas quanto naquelas ribeirinhas”, esclareceu ele.

Neilo também enfatizou o fato de que, para se beneficiarem da PNAB2/PNCV, não é mandatório que os agrupamentos culturais estejam formalizados como pontos ou pontões de Cultura. Ele apontou a existência de dois relevantes polos na região da RDS do Tupé, um situado em Tarumã-Mirim e o outro em Terras Pretas, onde serão desenvolvidas estratégias de busca ativa com o objetivo de inscrever artistas em vulnerabilidade social.

Astério Martins Tomás, um proeminente líder indígena da União dos Povos Indígenas da Comunidade do Livramento e porta-voz de 39 famílias dos povos Barés, Ticunas, Mura, Tariano, Dessana e Miranha, compartilhou a riqueza das manifestações culturais existentes em sua comunidade, que justificariam a formação de um pontão de Cultura. “Estamos dispostos a reunir-nos e analisar as possibilidades para estabelecer nosso próprio pontão”, afirmou o cacique.

Além disso, Maira Gomez, também conhecida como Jūgoa, a talentosa filha do cacique Hernando Tatuyo da comunidade Tatuyo e uma influenciadora digital indígena de destaque, simbolizada como a Barbie Indígena do Brasil pela corporação Mattel, relatou a participação de sua comunidade neste processo. “Nosso interesse em participar da PNAB2/PNCV veio após enfrentarmos desafios técnicos na inscrição no edital Paulo Gustavo, o que nos motivou a buscar essa nova oportunidade”, revelou a influenciadora.

— — —

Texto por Cristóvão Nonato / Concultura

Imagens por Fábio Simões / Concultura

Fonte: https://folhadesorocaba.com.br/de-volta-sorocaba-reinaugura-unidade-do-sabe-tudo-conect-apos-anos-de-inatividade/

About Author

redacao