May 20, 2024
Manaus

Manaus recebe encontros nacionais de ouvidores do poder judiciário; veja a programação

Manaus recebe encontros nacionais de ouvidores do poder judiciário; veja a programação Foto: divulgação

Pela primeira vez, Manaus, a capital do Amazonas, vai sediar um evento monumental de três dias, acontecendo de 10 a 12 de abril – específicamente o XVI Encontro do Colégio de Ouvidores da Justiça Eleitoral (Coje) e o III do Colégio de Ouvidorias Judiciais das Mulheres (Cojum). Essas entidades prestam uma representação inestimável para os ouvidores e ouvidoras eleitorais de todo o Brasil. O Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM) tem a honra de organizar este prestigioso encontro.

O início oficial das atividades está programado para as 19h do dia 10 de abril, tendo o icônico Teatro Amazonas como palco. Este evento inaugural contará com a presença de figuras influentes, incluindo o presidente do TRE-AM, desembargador Jorge Lins, o ouvidor-geral Pedro de Araújo Ribeiro, e a juíza Lídia de Abreu Carvalho, que ocupa simultaneamente a função de ouvidora da Mulher no TRE-AM e vice-presidente do Coje. A coordenação do evento fica a cargo do presidente do Coje, o juiz Márcio Antônio de Souza Moraes Júnior, do TRE-GO, e da presidente do Cojum, desembargadora Tânia Regina Reckziegel, do TRT-RS.

No primeiro dia, haverá uma palestra fundamental ministrada pelo conselheiro ouvidor Marcello Terto e Silva focada em como a cidadania enriquece o aprimoramento das políticas judiciárias, sob o ponto de vista da Ouvidoria do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

Os organizadores do evento em Manaus expressam orgulho em ser a sede de discussões tão significativas, sublinhando a importância da troca de experiências e de boas práticas entre as ouvidorias judiciais. Esse compartilhamento de saber tem o poder de transcender fronteiras, distribuindo-se por toda a nação.

O desembargador Jorge Lins proferiu palavras inspiradoras sobre o papel essencial das ouvidorias como ponte entre o cidadão e o poder público, frisando seu papel vital na solidificação da democracia através da escuta ativa, transparência e responsabilidade social. Ele destaca que eventos como o Coje e o Cojum amplificam a missão dos tribunais de buscar incansavelmente a excelência no serviço público para o benefício coletivo.

No dia seguinte, o Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM) receberá os participantes para uma série de apresentações e palestras, que têm início às 8h30 com o tema “O uso da IA no contexto das Ouvidorias”, apresentado por Otávio Lube dos Santos, do TRE-ES. Seguir-se-á a exposição sobre Trilhas de Aprendizagem por representantes do TRE-GO.

O evento prosseguirá no TCE-AM com uma abordagem sobre a aplicação de linguagem simples e direito visual para facilitar o acesso da sociedade à Justiça, além de um debate sobre o emprego da Inteligência Artificial nas eleições.

Concluindo o encontro, haverá a reunião do Coje e do Cojum, respectivamente nos dias 12 e 11 pela manhã, para a aprovação da Carta de Manaus, marcando as diretrizes e conclusões desses dias de intenso intercâmbio de conhecimento e práticas.

Este encontro é uma oportunidade singular de promover a interação entre as ouvidorias, permitindo que se tornem ainda mais eficientes em seu papel de orientação e resposta às necessidades do público, sempre visando aprimorar a transparência e a eficácia do sistema judicial brasileiro.

Fonte: https://folhadesorocaba.com.br/de-volta-sorocaba-reinaugura-unidade-do-sabe-tudo-conect-apos-anos-de-inatividade/

About Author

redacao