May 18, 2024
Manaus

Venezuela abate avião não autorizado; assista ao vídeo

Venezuela abate avião não autorizado; assista ao vídeo Foto: divulgação

Planeta – As Forças Armadas Nacionais Bolivarianas venezuelanas efetuaram o ataque a uma aeronave invasora em seu território na sexta-feira passada (26). O avião, proveniente de Cozumel, México, adentrou a Venezuela sem permissão e foi interceptado após o pouso. Fotos do evento, divulgadas pelos militares nas mídias sociais, revelam os destroços da aeronave. O trem de pouso da aeronave estava engatado, sinalizando que ela havia pousado antes do ataque.

O general Domingo Antonio Hernández Lárez, líder do Comando Operacional Estratégico da FANB, identificou a aeronave como um “Gulfstream bimotor, com a matrícula V3-GRS”. A detecção do avião foi feita através de radares, sendo que o seu transponder estava desligado.

Lárez compartilhou a suspeita de que a aeronave pertencia a cadernetas ilegais envolvidas com tráfico de drogas e armas. “Não permitiremos que a Venezuela seja utilizada como base para tráfico de narcóticos. A FANB está equipada com a tecnologia adequada para garantir a invulnerabilidade do nosso país e para reagir de imediato a qualquer invasão não autorizada”, declarou nas mídias sociais.

Detalhes sobre a abordagem da aeronave ou potenciais prisões não foram concedidos. As imagens divulgadas na página da FANB na plataforma de redes sociais X (anteriormente Twitter) sugerem que a aeronave foi interceptada em pleno voo por aviões militares venezuelanos.

Venezuela no será usada como plataforma del narcotráfico ! Aquí está el Sistema Defensivo Territorial alerta, y reaccionará de manera inmediata ante cualquier intento de invasión a la patria de Bolívar !#FANB #IntegrarEsVencer pic.twitter.com/pd7rXVBgBP
— GJ. Domingo Hernández Lárez (@dhernandezlarez) January 26, 2024

A região montanhosa de Zulia, onde aconteceu o incidente, é adjacente à Catatumbo, uma destacada área de produção de cocaína na Colômbia. Tal região tem sido explorada para a criação de aeródromos clandestinos empregados pelo narcotráfico. Grupos de crime organizado mexicanos, como o Cartel de Sinaloa, estão operando em Zulia faz alguns anos, conforme reportado pelo portal de investigação InSight Crime.

As autoridades venezuelanas têm intensificado esforços para conter essas atividades ilegais. Em 2023, aproximadamente 38 aeronaves supostamente envolvidas no narcotráfico foram destruídas.

*Informações adicionais por O Globo.

Fonte: https://cm7brasil.com/noticias/mundo/venezuela-destroi-aviao-que-entrou-no-pais-sem-autorizacao-veja-video/

About Author

Redação 2