April 25, 2024
Manaus Polícia

Prefeita e filha são acusadas de participar de suposto esquema de contratos milionários em Beruri

Prefeita e filha são acusadas de participar de suposto esquema de contratos milionários em Beruri Foto: divulgação

Uma investigação rigorosa conduzida por CM7 Brasil poderia botar em cheque o mandato da prefeita Maria Lucir Santos de Oliveira de Beruri, Amazonas. A acusação apresentada aponta um extravagante uso de fundos públicos no valor de mais de R$ 2,5 milhões, empregados na aquisição de dispositivos de informática, periféricos e suprimentos de impressão, o que suscita questões sobre o favorecimento em contratos e o uso indevido de dinheiros públicos.

Os detalhes da licitação, veiculados no Diário Oficial dos Municípios do Amazonas em 11 de dezembro de 2023, demonstram valorações e quantias discutíveis na aquisição de produtos, gerando suspeitas relativas aos preços cobrados pelas companhias que ficaram com a melhor parte da licitação.

A A. F. B Filho foi agraciada com R$ 1.245.490,00 em HDs, mouses, teclados, tintas para impressoras e cartuchos de toner BROTHER. A E A Comércio e Serviços de Informática ganhou um contrato de R$ 363.750,00 para o fornecimento de tintas para impressoras e 100 cartuchos de toner BROTHER. A RC Barroso da Silva garantiu R$ 446.760,00 pelo fornecimento de tintas para impressoras e cartuchos de toner. Já a José Edinaldo dos Santos de Oliveira – ME assegurou R$ 537.661,20 em kits de cilindro, toners, entre outros.

A RC Barroso da Silva é conhecida, já tendo sido investigada pelo Ministério Público do Amazonas por irregularidades em contratos firmados com a prefeitura. Adiciona-se ao fato o parentesco do dono da empresa com ex-subsecretário de educação e secretário do gabinete da prefeita, levantando dúvidas sobre a imparcialidade nesses contratos. Já a A. F. B. Filho, dirigida por Antônio Fernandes Bezerra Filho, ex-vereador e chefe de gabinete da prefeita, tem frequência notável em vencer licitações municipais.

A acusação sugere um possível envolvimento direto da prefeita Maria Lucir Santos de Oliveira e sua filha Raniele Oliveira, a secretária de finanças, nos alegados favorecimentos de grandes valores a empresas aliadas. Rumores apontam ainda que Raniele pode estar no comando da prefeitura, direcionando pagamentos e tomando decisões estratégicas. Desde 2020, as empresas mencionadas marcam presença em quase todas as licitações, acumulando contratos lucrativos. O escândalo levanta dúvidas sobre a idoneidade dos processos licitatórios e possíveis atos de enriquecimento ilícito.

A indignação da população de Beruri é crescente, tendo em vista os incontáveis gastos em informática comparado à precariedade dos setores de saúde e educação. Diante de suspeitas tão sérias, é essencial que o Ministério Público Estadual inicie uma investigação emergencial para apurar possíveis irregularidades e punir responsáveis.

Os residentes de Beruri têm o direito de saber se o dinheiro público está sendo empregado adequadamente e com transparência. Essa denúncia joga luz sobre uma realidade alarmante, requerendo atenção das autoridades e ação imediata para preservar os recursos públicos e restaurar a confiança da população.

Veja aqui os documentos:

Fonte: https://cm7brasil.com/passando-a-limpo/escandalo-prefeita-e-filha-envolvidas-em-suposto-esquema-de-contratos-milionarios-em-beruri/

About Author

Redação 2