April 21, 2024
Brasil Política

Governo Lula tem dia de ‘revogaços’, posse de ministros, reuniões bilaterais e queda na Bolsa

Governo Lula tem dia de ‘revogaços’, posse de ministros, reuniões bilaterais e queda na Bolsa

Processos de privatização de oito estatais e normas que facilitavam o acesso às armas foram algumas das medidas suspensas. Ibovespa encerrou o dia em queda de 3,06%.

O dia após a posse do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) foi marcado por “revogaços” de decretos da gestão de Jair Bolsonaro (PL), exonerações de servidores públicos, diversas cerimônias de transmissão de cargo de ministros, reuniões bilaterias e uma queda de 3,06% do índice Ibovespa.

‘Revogaços’

A edição desta segunda-feira (2) “Diário Oficial da União” trouxe a revogação de diversas medidas implementadas no governo de Bolsonaro.

Entre elas:

  • processos de privatização de oito estatais, entre as quais Petrobras e Correios, iniciados durante o governo de Bolsonaro;
  • série de normas que facilitavam e ampliavam o acesso da população a armas de fogo e munição;
  • na área da Educação, foi revogado um decreto que incentivou, em 2020, a criação de classes especializadas em escolas regulares e escolas próprias para pessoas com deficiência.

Exonerações

Nas edições regular e extra do “Diário Oficial da União” desta segunda também saíram centenas de exonerações e dispensas de servidores públicos federais. Ao todo, foram 952.

Transmissão de cargos

Ao longo do dia, ocorreram 20 cerimônias de transmissão de cargos de ministros (veja abaixo). Na terça, estão previstas mais oito solenidades.

  1. Ministério da Fazenda (Fernando Haddad)
  2. Comunicações (Juscelino Filho)
  3. Educação (Camilo Santana)
  4. Aeronáutica (Marcelo Kanitz Damasceno)
  5. Casa Civil (Rui Costa)
  6. Turismo (Daniela Carneiro)
  7. Saúde (Nísia Trindade)
  8. Justiça e Segurança Pública (Flávio Dino)
  9. Relações Institucionais (Alexandre Padilha)
  10. Agricultura (Carlos Fávaro)
  11. Defesa (José Múcio Monteiro)
  12. Gestão (Esther Dweck)
  13. Ciência e Tecnologia (Luciana Santos)
  14. Desenvolvimento Social (Wellington Dias)
  15. Portos e Aeroportos (Márcio França)
  16. Secretaria-Geral da Presidência (Márcio Macedo)
  17. Minas e Energia (Alexandre Silveira)
  18. Cultura (Margareth Menezes)
  19. Relações Exteriores (Mauro Vieira)
  20. Advocacia-Geral da União (Jorge Messias)
Presidente Lula e Ministro Wellington DIas durante cerimônia de posse dos novos Ministros de Estado, na cidade de Brasília, DF, neste domingo, 01. — Foto: Fátima Meira/Estadão Conteúdo

No domingo (1º), Lula deu posse à equipe ministerial, após receber a faixa presidencial e discursar à população no parlatório do Palácio do Planalto.

About Author

redacao