May 18, 2024
Manaus

Festa no Rio de Janeiro é flagrada com indivíduos exibindo “fuzis para o alto” próximo a posto policial

Festa no Rio de Janeiro é flagrada com indivíduos exibindo “fuzis para o alto” próximo a posto policial Foto: divulgação

Em São Gonçalo (RJ), a celebração de Carnaval que ocorreuem frente ao Posto de Policiamento Ostensivo (DPO) do Jardim Catarina, causou controvérsias nas redes sociais neste sábado (10). Na festividade, participantes foram identificados exibindo reproduções e simuladores de armas de fogo, uma atitude que gerou críticas.

O 7° BPM (São Gonçalo) se manifestou, condenando tal comportamento.

Além dos adultos, a festividade englobava também adolescentes.

Fotos e vídeos compartilhados nas redes sociais evidenciaram moradores celebrando, com as replicadas de fuzis apontadas para o alto durante um baile de carnaval na Avenida Dr. Albino Imparato. Já outras imagens revelaram jovens fantasiados entrando no evento com armas simuladas.

Festa em RJ apresenta “fuzis para o alto” em frente a posto policial.

Consequentemente, a Polícia Federal (PF) executou a Operação Desarmada III, com o objetivo de confiscar o restante das armas ilegais que pertenciam ao grupo alvo da Operação Desarmada. Essa operação aconteceu exatamente um mês antes, em Nova Iguaçu/RJ.

Durante essa ação, os policiais federais implementaram um mandado de busca e confisco, aprovado pela 1ª Vara Criminal de Nova Iguaçu/RJ.

As confisscacoes da Operação Desarmada, realizada no mês passado, focavam apenas nas armas e munições de calibre restrito. Enquanto isso, a ordem judicial desta quarta-feira (15/3) se relacionou ao restante das armas encontradas em duas lojas investigadas; aproximadamente mil armas foram confiscadas bem como milhares de munições e acessórios.

Tais ilegalidades podem constituir comércio ilegal de armas de fogo, munição, acessórios e posse ilegal de arma de fogo de uso licenciado.

Confiscar um volume tão significativo de arsenais é crucial para o objetivo de impedir que as armas adentrem o mercado ilegal e contribuam para o fortalecimento de organizações criminosas como milícias, crime offices e facções.

Exatamente um mês atrás, em 15/2, a Polícia Federal deteve quatro pessoas que estavam negociando armas de fogo sem vigilância armada, sem guia de tráfego adequada e com a atividade comercial de material arsenal suspendida, contrariando as normas condutoras, sob a Operações Desarmadas I e II. Naquela vez, foram confiscadas 80 armas, incluindo 68 fuzis e 12 revólveres, assim como munições de uso restrito.

Leia também: PGR acusa mais 100 indivíduos por atos golpistas em 8 de janeiro

Reciba as últimas notícias do Portal Tucumã em seu Telegram e mantenha-se informado! CLIQUE AQUI:

Fonte: https://portaltucuma.com.br/video-festa-no-rj-tem-fuzis-para-o-alto-em-frente-a-posto-policial-ft50/

About Author

redacao