May 18, 2024
Manaus

Secretário da Semef é acusado de interferir na distribuição de pendências de pagamentos da Prefeitura

Secretário da Semef é acusado de interferir na distribuição de pendências de pagamentos da Prefeitura Foto: divulgação

Secretário da Semef decide quem irá receber os pagamentos atrasados de 2023

Na manhã de sábado (23/12), recebemos a notícia de que Clécio da Cunha Freire, titular da Secretaria Municipal de Finanças e Tecnologia da Informação (Semef), está tomando a decisão de quem deve ou não receber as pendências de pagamentos atrasados de 2023.

De acordo com fontes, os aliados do secretário já estão com o Natal garantido, inclusive ele mesmo.

Informações recebidas indicam que há agências com pagamentos atrasados desde dezembro de 2022. Isso representa um verdadeiro genocídio para as microempresas que geram emprego e renda em Manaus.

O secretário parece buscar conflitos com os fornecedores da Prefeitura, os prestadores de serviços e especialmente com as agências de notícias, de acordo com fontes que descrevem sua postura esquerdista e lulista.

Quanto a nós, ou melhor, a minha opinião (Ronaldo Aleixo): “Enfie seus abusos no C…” Não me importo nem um pouco se o senhor não gosta das agências de notícias. Pague o que não lhe pertence, canalha.

Detalhes da Semef sobre a utilização do empréstimo de R$ 580 milhões pela Prefeitura

A Câmara Municipal de Manaus (CMM) concedeu um tempo para que Clécio Freire, titular da Secretaria Municipal de Finanças e Tecnologia da Informação (Semef), pudesse detalhar a aplicação dos recursos, caso o novo pedido de empréstimo no valor de R$ 580 milhões apresentado pela Prefeitura de Manaus seja aprovado. A presença do secretário da Semef foi solicitada pela Mesa Diretora da Câmara para também apresentar um demonstrativo do uso dos recursos obtidos em operações financeiras anteriores aprovadas pelo Executivo Municipal. Durante sua apresentação no plenário da Câmara, Clécio Freire explicou a finalidade dos recursos do novo empréstimo.

“Serão destinados para a construção de parques, prevenção de desastres naturais, melhoria no trânsito, desassoreamento de igarapés, construção de feiras e fortalecimento do comércio local, entre outras ações. É importante que todos compreendam a importância da aprovação deste empréstimo para que a Prefeitura possa realizar essas obras”, destacou o secretário da Semef. “Também precisamos desses recursos para investir em políticas habitacionais e construir moradias através do programa Minha Casa, Minha Vida. É fundamental que tenhamos atenção especial a essa nova operação”, concluiu Clécio Freire. O Projeto de Lei (PL) de número 643/2023 está em tramitação na Câmara Legislativa desde segunda-feira passada (04/12), em regime de urgência. O parecer da 2ª Comissão de Constituição, Justiça e Redação ainda é aguardado.

Tentamos entrar em contato pelo número (92) 3215-4980, mas infelizmente o blindado Clécio, de extrema-esquerda, não atende as ligações.

Fonte: https://chumbogrossomanaus.com.br/noticias/secretario-da-semef-e-acusado-rifar-quem-deve-receber-ou-nao-as-pendencias-de-pagamentos-da-prefeitura/#google_vignette

About Author

Redação 2