May 18, 2024
Manaus

PF encontra computador da Abin na residência de Carlos Bolsonaro após apreensão

PF encontra computador da Abin na residência de Carlos Bolsonaro após apreensão Foto: divulgação

Na manhã desta segunda-feira (29), a Polícia Federal (PF) realizou uma série de nove mandados de busca e apreensão como parte da Operação Vigilância Aproximada, originalmente lançada na última quinta-feira (25). Entre os diversos locais alvo desses mandados, encontrava-se a residência do vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos) no Rio de Janeiro, onde foi apreendido um computador da Agência Brasileira de Inteligência (Abin).

A Operação Vigilância Aproximada concentra suas investigações em um núcleo político suspeito de envolvimento em um esquema de espionagem ilegal que vinha sendo apurado pela Abin durante a administração do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL). Além do endereço residencial de Carlos Bolsonaro, as autoridades também dirigiram suas atenções para o seu gabinete na Câmara do RJ, assim como para uma casa de praia de propriedade da família Bolsonaro.

No conjunto de indivíduos colocados sob a lupa dessa operação, encontrar-se, além do próprio Carlos Bolsonaro, figuras associadas ao vereador do Rio de Janeiro. Foram emitidos mandados de busca por endereços associados a Luciana Paula Garcia da Silva Almeida, assessora de Carlos; Giancarlo Gomes Rodrigues, militar do Exército cedido para a Abin na gestão de Ramagem; e Priscila Pereira e Silva, assessora de Alexandre Ramagem.

Segue o pronunciamento oficial da PF a respeito da operação:

“Nesta manhã de segunda-feira (29), a Polícia Federal dá continuidade à Operação Vigilância Aproximada, cumprindo novos mandados de busca e apreensão. Nossa meta é desmantelar uma organização criminosa que se estabeleceu na Agência Brasileira de Inteligência (Abin) com a intenção de monitorar, de maneira ilegal, autoridades públicas e outros indivíduos, por meio da geolocalização de dispositivos móveis sem a devida autorização judicial.

Nesta nova etapa da operação, a missão da PF é avançar sobre o núcleo político, identificando os principais receptores e beneficiários das informações obtidas de maneira ilegal pela Abin, através de ações secretas, as quais empregavam procedimentos investigatórios das polícias judiciárias, porém sem qualquer controle do Judiciário ou do Ministério Público.

Caso comprovadas as acusações, os investigados podem ser responsabilizados por crimes de invasão de dispositivo informático, constituição de organização criminosa e interceptação ilegal de comunicações telefônicas de natureza informática ou telemática.

Leia mais: Alexandre Ramagem, aliado de Bolsonaro, é investigado em operação contra espionagem”

Inscreva-se para receber as notícias do Portal Tucumã diretamente no seu WhatsApp e mantenha-se sempre bem informado! CLIQUE AQUI: https://cutt.ly/96sGWrb.

Fonte: https://portaltucuma.com.br/pf-apreende-na-casa-de-carlos-bolsonaro-computador-da-abin-pf24/

About Author

redacao