May 18, 2024
Manaus

Familiar indignado com prisão de Lucas Picolé questiona prioridades das autoridades

Familiar indignado com prisão de Lucas Picolé questiona prioridades das autoridades Foto: divulgação

Manaus – Lucas Picolé, renomado influenciador digital, foi preso nesta tarde de quarta-feira (24/1), desencadeando a indignação de seu irmão, Luciano Silva. Através de um pronunciamento emocionado, Luciano confronta a detenção do influenciador, alegando ser consequência de uma perseguição meticulosamente montada por indivíduos influentes. Após ser levado ao 1º Distrito Integrado de Polícia (DIP), Lucas, cercado pela imprensa já no local, afirmou que provará sua inocência.

Com a detenção do irmão, Luciano Silva se manifesta em defesa, afirmando que Picolé não estava engajado na promoção do conhecido “Jogo do Tigrinho”, como veiculado por outros influenciadores na cidade. Ele acrescenta que Picolé foi alvo de atividades criminosas que utilizaram contas falsas para disseminar conteúdo de jogos de aposta. Não apenas isso, ele revela que a companheira de Picolé, Flávia Ketlen, também foi vitimada por hackers que utilizaram sua conta do Facebook para divulgar propaganda pertinente ao “Jogo do Tigrinho”. Segundo Luciano, tudo são ações fruto de uma perseguição dirigida à sua família.

Confira o vídeo relacionado:

[wpvideo video-336305-2]

Lucas Picolé, antes de ser detido, proclamou sua inocência. Insistiu que não propagou sites de aposta nem atividades correlacionadas. Ele expôs que uma conta falsa foi criada com o objetivo de propagar tais informações como se originadas do próprio, ao mesmo tempo solicitou que seus seguidores denunciassem isso.

A detenção se deu após suspeitas de Picolé estar envolvido na promoção de jogos de aposta e na coordenação de um esquema de vendas ilegais de rifas. Em junho de 2023, Picolé já havia sido preso durante a Operação Dracma sob acusação de lavagem de dinheiro, sonegação fiscal e estelionato digital. Embora o inquérito tenha sido arquivado e Picolé tenha concluído seis meses de detenção, ele ainda estava sujeito a cumprir determinações, incluindo a proibição de veicular jogos de aposta e a realização de sorteios.

O Dr. Vilson Benayon, advogado de Picolé, confirmou a detenção e acrescentou que contas falsas estavam propagando jogos de aposta, passando-se pelo seu cliente. Além disso, explicitou que um grupo de mais de 150 pessoas no WhatsApp estava sendo usado para compartilhar links de aposta online sob o nome de Picolé. O Delegado Cícero Túlio do 1º Distrito Integrado de Polícia (DIP) está cuidando do caso.

Fonte: https://cm7brasil.com/noticias/policia/e-perseguicao-por-que-nao-vao-pegar-estuprador-e-bandidos-diz-irmao-de-lucas-picole-revoltado-com-prisao/

About Author

Redação 2