April 25, 2024
Manaus

Beneficiários com NIS final 7 recebem novo Bolsa Família da Caixa

Beneficiários com NIS final 7 recebem novo Bolsa Família da Caixa Foto: divulgação

Caixa Econômica Federal, nesta segunda-feira (21), realiza o pagamento da parcela de fevereiro do atualizado Bolsa Família para os beneficiários cujo Número de Inscrição Social (NIS) termina em 7.

O benefício básico é de R$ 600, com o adicional recém-implantado, a quantia média passa a ser R$ 686,10. De acordo com o Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, o programa de auxílio de renda do governo federal atingirá este mês 21,06 milhões de famílias, somando um gasto de R$ 14,45 bilhões.

Além do valor base, são concedidos três adicionais. O Benefício Variável Familiar Nutriz confere seis parcelas de R$ 50 a mães de crianças de até 6 meses de idade, com o intuito de garantir a alimentação do bebê. O Bolsa Família também concede um adicional de R$ 50 para famílias que possuem gestantes e crianças de 7 a 18 anos, além de outro valor adicional de R$ 150 para famílias que tem crianças de até 6 anos.

No formato clássico do Bolsa Família, o pagamento é realizado nos últimos 10 dias úteis de cada mês. Os beneficiários podem verificar informações sobre datas de pagamento, o montante do benefício e a divisão das parcelas pelo aplicativo Caixa Tem, utilizado para acompanhar as contas poupança digitais do banco.

A partir deste ano, os beneficiários do Bolsa Família não precisam mais pagar o Seguro Defeso. A alteração foi determinada pela Lei 14.601/2023, que reintroduziu o Programa Bolsa Família (PBF). O Seguro Defeso é concedido a indivíduos que vivem unicamente da pesca artesanal e que ficam impossibilitados de exercer a atividade durante o período da piracema.

A integração dos dados do Bolsa Família com o Cadastro Nacional de Informações Sociais (CNIS) passou a vigorar desde julho do último ano. Graças ao cruzamento de informações, aproximadamente 300 mil famílias tiveram o benefício cancelado este mês devido à sua renda estar acima das regras estabelecidas pelo Bolsa Família. O CNIS possui mais de 80 bilhões de registros administrativos relacionados a renda, vínculos de emprego formal, benefícios previdenciários e assistenciais pagos pelo Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS).

Em contrapartida, outras 240 mil famílias foram inseridas no programa este mês. A inclusão tornou-se possível graças à política de busca ativa que foca nas pessoas mais vulneráveis que têm direito ao incremento de renda, mas não recebem o benefício.

Por volta de 2,29 milhões de famílias estão na regra de proteção no mês de fevereiro. Essa regra, que está em vigor desde junho do último ano, permite que famílias que consigam emprego e tenham uma melhora na renda, ainda recebam 50% do benefício a que teriam direito pelo extendido período de até dois anos. Nestes casos, o benefício médio é de R$ 372,45.

O pagamento do Auxílio Gás também será realizado nesta quarta-feira para as famílias registradas no CadÚnico, com número de Inscrição Social que terminam com o algarismo 4. O valor desta ajuda foi reduzido para R$ 102, em decorrência das recentes diminuições no preço do botijão de gás.

Esse programa, que deve durar até o final de 2026, é destinado a aproximadamente 5,5 milhões de famílias. Após a aprovação da Emenda Constitucional da transição, no final de 2022, o benefício equivalente a 100% do valor médio do botijão de 13kg foi mantido.

Somente quem está inscrito no CadÚnico e tem pelo menos um familiar que receba o Benefício de Prestação Continuada (BPC) pode receber o Auxílio Gás. A lei que criou o programa determinou que a mulher chefes de família terão preferência, assim como mulheres vítimas de violência doméstica.

Fonte: https://portaltucuma.com.br/caixa-paga-novo-bolsa-familia-a-beneficiarios-com-nis-de-final-7-gc25/

About Author

redacao